A antiga presidente da Liga Moçambicana dos Direitos Humanos, Alice Mabota, apresentou nesta segunda-feira, 15, a sua candidatura à Presidência da República, nas eleições gerais que se realizam a 15 de Dezembro.

A formalização foi feita através da Coligação Aliança Democrática (CAD) que, desta forma, avança com a primeira mulher à Chefia do Estado.

Na sua intervenção, Alice Mabota diz que aceitou o desafio, que “sente algum medo” mas que os desafios que o país enfrenta falaram mais alto.

“Sei que sou pequena, sei que vou enfrentar pedrinhas, pedras e pedregulhos, mas a vontade de mudar o rumo do país, recolocá-lo no percurso do progresso é muito mais forte que não me permite desistir”, afirmou Mabota, acrescentando que “esperava que outros cidadãos assumissem o desafio e concorressem em alternativa aos candidatos dominantes na nossa política”.

Frente à falta de alternativas, a activista disse ter decidido dar o passo “porque os nossos jovens, as nossas crianças, as nossas mulheres, os homens deste país merecem melhor”, conclui.

Para as eleições de 15 de Outubro são já conhecidas também as candidaturas de Filipe Nyusi (Frelimo), Ossufo Momade (Renamo), Daviz Simango (MDM), Hélder Mendonça (Podemos).

Pin It