A GoWithFlow, detida pela Galp desde 2019, está a desenvolver soluções de mobilidade elétrica sustentável, no âmbito do projeto Digital Delta, focado na eletrificação de soluções logísticas last mile.

A GoWithFlow, start-up para a mobilidade sustentável detida pela Galp desde 2019, está a desenvolver soluções de mobilidade elétrica e sustentável que deverão ser aplicadas na cidade de Memphis, nos Estados Unidos.

O projeto Digital Delta será implementado no âmbito de um consórcio liderado pela Universidade de Memphis, selecionado pelo Governo dos EUA, a propósito do programa ‘Build Back Better Regional Challenge’, e está centrado na eletrificação de soluções logísticas last mile destinadas aos transportes públicos e partilhados para empresas, trabalhadores, visitantes e habitantes de Memphis.

Segundo um comunicado enviado pela petrolífera, o consórcio recebeu uma subvenção inicial de 500 mil dólares (cerca de 442 mil euros) para desenvolver a proposta.

O plano do consórcio prevê a implementação de infraestruturas para gerir as tarifas, “ultrapassar barreiras à criação de economias de escalas” e para ligar componentes urbanas, suburbanas e rurais através de programas para a promoção da mobilidade sustentável.

“Os planos do consórcio transformarão a área de Memphis e servirão como um exemplo de liderança em transformação urbana não apenas nos Estados Unidos, mas também a nível internacional”, afirmou a presidente executiva da ‘GoWithFlow’, Jane Hoffer.

A entrada da GoWithFlow nos Estados Unidos acontece ao fim de uma década de evolução da start-up criada no âmbito do CEiiA, quando uma equipa liderada pelo atual CTO da empresa, André Dias, foi desafiada a desenvolver uma plataforma de carregamento elétrico, associada ao piloto do programa Mobi.E, lançado em 2010 para criar a infraestrutura de carregamento público para alimentar veículos elétricos (EVs).

Desde então, a Mobility Change Platform (MCP) da GoWithFlow tem ajudado organizações e municípios, como os de Lisboa, Porto e Cascais, a gerir transições de frotas para veículos de baixa ou nenhuma emissão e a fornecer aos Operadores de Pontos de Carga (CPOs) e aos Prestadores de Serviços de Mobilidade Elétrica (EMSP) a tecnologia e o apoio de que necessitam para fornecer os seus próprios produtos e serviços

A descarbonização da pegada de mobilidade, a redução do custo total de mobilidade e a melhoria da experiência de mobilidade de todo o tipo de clientes são três dos eixos centrais da atividade da empresa, que expandiu já para fora de Portugal .

Em Espanha, por exemplo, a GoWithFlow lançou o seu primeiro projeto B2B2C com o eCooltra, uma aplicação de partilha de scooter que começou na área de Barcelona e que depois se expandiu para Madrid, Lisboa e Milão.

PUB

 

Pin It

SOTERMAQUINAS