A atual direção das águias sente-se capaz de cumprir o mandato na íntegra, que termina em 2024.

Luís Filipe Vieira encontra-se detido no Comando Metropolitano da PSP, no âmbito da operação Cartão Vermelho, por suspeitas de crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento quando, em simultâneo, já decorre a todo o gás a nova temporada do Benfica.

Apesar do futuro a curto/médio prazo do ainda presidente das águias parecer incerto, no seio do clube há a convição de que o fim da linha para Vieira no bastião das águias já chegou, segundo noticia o diário Record, nesta sexta-feira.

A mesma publicação dá conta que será Rui Costa, vice presidente da instituição encarnada, a assumir a pasta presidencial.

A atual direção descarta a realização de novas eleições e sente-se capaz de cumprir o mandato na íntegra, que termina em 2024.

PUB

Pin It

Desporto